Publicidade

A Força Aérea Brasileira (FAB) irá lançar nesta quarta-feira (25/05) às 15h25, o primeiro satélite do projeto Lessonia-1.

Dois satélites Sensoriamento remoto radar (SRR), chamados Carcará I e Carcará II, serão lançados do Centro Espacial Kennedy em Cabo Canaveral, EUA, usando o foguete Falcon 9 da SpaceX, de propriedade do bilionário Elon Musk. A operação será monitorada a partir do Centro de Operações Espaciais (COPE) em Brasília (DF) e será transmitida ao vivo pelo canal oficial da SpaceX no YouTube. 

A título de curiosidade, vale lembrar que o primeiro estágio do foguete Falcon 9 retorna à Terra após o lançamento, pousando verticalmente em um local pré-determinado, permitindo a reutilização em lançamentos subsequentes. Então, acompanhar a transmissão ao vivo permite que você veja a beleza dessa tecnologia inovadora da SpaceX.

O projeto Lessonia consiste na aquisição de um conjunto de satélites de baixa órbita. Eles são de dupla finalidade e projetados para atender às necessidades operacionais das Forças Armadas, centros de gestão e operações do Sistema de Proteção da Amazônia (CENISPAM) e órgãos governamentais. Os satélites possuem 1 metro cúbico de dimensão, pesam 100 kg e possuem 5 painéis solares para uma potência de 300 Watts.

Publicidade

O sistema de imagens do Projeto Lessonia utiliza sensores de detecção ativos capazes de produzir imagens de altíssima resolução que podem ser adquiridas a qualquer hora do dia ou da noite, independentemente das condições climáticas, quando o sinal emitido percorre as nuvens. Dessa forma, é possível o monitoramento contínuo das áreas de interesse no Brasil.

As imagens capturadas serão usadas para apoiar o combate ao tráfico de drogas e mineração ilegal, atualizar produtos de mapeamento, determinar a navegabilidade de rios, visualizar incêndios, monitorar desastres naturais, monitorar zonas econômicas exclusivas (ZEEs) e apoiar a vigilância e controle de fronteiras,

Transmissão ao vivo (prevista para ser iniciada às 15h15):

Fonte: Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

Publicidade

Comentários

Comments are closed.