Publicidade

Aeronaves elétricas serão incorporadas às Forças Armadas dinamarquesas , o que marca a compra de duas aeronaves Pipistrel Velis Eletro. Esta aquisição não apenas marca mais um passo na transição para a tecnologia verde, mas também torna este país escandinavo um pioneiro no uso dessa mobilidade para fins militares.

“Todos nós temos a responsabilidade de contribuir para solução das mudanças climáticas, o que aplica-se inclusive ao setor militar”, comentou a ministra da defesa Trine Bramsen.

Publicidade

Aquisição de tecnologias mais ‘verdes’

Nesse sentido, as duas aeronaves elétricas (produzidas pela eslovena Pipistrel e posteriormente adquiridas pela francesa Green Aerolease) serão o início das futuras aquisições desses outros equipamentos.

De acordo com dados oficiais, esta aeronave pode acomodar 2 tripulantes e é 100% livre de emissões. Além disso, o avião ainda é muito silencioso, com um ruído de cerca de 60 decibéis – o equivalente a uma conversa entre duas pessoas.

Vale ressaltar que esse não é o primeiro esforço da Dinamarca para reduzir suas emissões. Entre as inúmeras medidas já adotadas pelo país, está por exemplo o encerramento da extração de petróleo no Mar do Norte até 2050.

Publicidade

Comentários

Comments are closed.